ÓLEO ESSENCIAL DE PALMAROSA 10,1ML (Código do produto: OPR0001)

Produto em estoque
R$ 62,00

Recomendar

Descrição

ÓLEO ESSENCIAL DE PALMAROSA PODE PROTEGER O FÍGADO

O fígado é um dos órgãos mais importantes do corpo humano, desempenhando um papel essencial na regulação de inúmeros processos fisiológicos, incluindo a desintoxicação do organismo.

À visto disso, as doenças hepáticas representam uma ameaça à saúde pública e revelam a necessidade de novas alternativas terapêuticas que possam auxiliar na prevenção e coadjuvação de tratamentos neste domínio.

Um estudo brasileiro revelou o potencial da inalação do óleo essencial de palmarosa (Cymbopogon martinii) como um agente auxiliar para proteger o fígado, contribuindo para a prevenção contra a toxicidade induzida por estresse oxidativo.

A maioria dos danos acarretados ao fígado são provocados por infecções, desordens autoimunes, consumo excessivo de álcool, agentes químicos tóxicos como antibióticos e quimioterápicos. O uso prolongado e/ou em dosagens elevadas do medicamento paracetamol também está associado a alta incidência de hepatotoxicidade na atualidade.

Um dos principais mecanismos envolvidos na hepatotoxicidade é o estresse oxidativo, que ocorre quando há formação excessiva de espécies reativas de oxigênio, associada a uma defesa insuficiente do sistema antioxidante. Esse desequilíbrio entre pró e antioxidantes pode causar lesão e morte celular, o que consequentemente leva a disfunção tecidual.

No referido estudo a inalação do óleo essencial de palmarosa foi avaliada em cobaias, administrado na concentração de 13,73 mg e aplicado via difusão por dez minutos a cada 48 horas, durante 30 dias consecutivos. O grupo submetido a inalação do óleo essencial apresentou aumento das atividades de catalase e superóxido dismutase, glutationa peroxidase, que são enzimas antioxidantes.

Os problemas hepáticos são responsáveis por grande morbidade e esbarram em tratamentos limitados, onde não é possível encontrar um agente totalmente eficaz que ajude a estimular e regenerar as funções hepáticas e possam oferecer uma proteção completa as células hepáticas. Além disso, alguns medicamentos podem induzir severos efeitos colaterais.

Os resultados apresentados denotam as contribuições da inalação do óleo essencial de palmarosa, destacável agente antioxidante, para contribuir e coadjuvar na proteção do fígado, auxiliando na prevenção de disfunções hepáticas e toxicidade induzida por estresse oxidativo.

 

 

GRUPO LASZLO

REFERÊNCIAS:

FÁBIÁN LÁSZLÓ

ANDRADE, Bruna Fernanda Murbach Teles et al. “Effect of Inhaling Cymbopogon martinii Essential Oil and Geraniol on Serum Biochemistry Parameters and Oxidative Stress in Rats.” Biochemistry research international vol. 2014 (2014): 493183. doi:10.1155/2014/493183

MARMITTA, Diorge Jônatas et al. Potencial hepatoprotetor das plantas medicinais da renisus: revisão sistemática hepatoprotective potencial of renisus medicinal plants: sistematic REVIEW. Rev. Aten. Saúde, São Caetano do Sul, v. 14, n. 49, p. 84-91, jul/set, 2016.

Facebook